quarta-feira, novembro 26, 2003

:: filosofia hare krishna ::


"Quer pagar quanto?"


Não sei se alguém já viu na Av. Paulista (ou mesmo em outras partes da cidade) aqueles hare krishnas que ficam oferecendo alguns livros ou outros produtos em troca de quanto você achar que vale aquele material. Outro dia, estavámos a Roberta (lembram-se dela?) e eu andando pela Paulista quando fomos abordados por um indivíduo careca com dentes de ouro e roupas amarelas e laranjas. Era um hare krishna. Ele nos contou sua história, falou da sua crença e nos ofereceu um livro. Eu peguei e paguei 4 reais, se não me engano...

Enfim, essa história não interessa, o que interessa é a nova estratégia de marketing das Casas Bahia. Essa coisa de "quer pagar quanto?" é uma clara influência da filosofia hare krishna na empresa. O único porém é a finalidade da pergunta: para o hare krishna, é realmente quanto você quer pagar. Se vale 1 real, você dá um real. Se achar que vale 100, você dá 100. Eles estarão satisfeitos com qualquer quantia dada em troca. Já as Casas Bahia usam o jargão com o objetivo único de mostrar a todo mundo que eles têm prestações baixíssimas, o que acaba escondendo os juros astronômicos praticados pela loja.

Essa imagem eu pegue dele:


Essa propaganda é genial... puta que pariu, como esses executivos de marketing são foda!

Nenhum comentário: