quarta-feira, junho 30, 2004

opa

não morri, não.

Talvez eu vá pra Toque Toque Pequeno semana que vem. Talvez não. Depende da Junior, que é minha prioridade.

Mas pra Paraíso eu vou na última semana de julho com certeza.

Comprei o CD Romântico Sertanejo hoje. Tem "convite de casamento". Procurei o Weezer (verde) mas não achei. Talvez um outro dia eu ache.
Ah, comprei também o CD Classic Metal. Bem legal pra ouvir no trânsito.

sexta-feira, junho 25, 2004

oportunidade perdida

Po, os papéis da Gol subiram 5% no 1o dia de negociações na Bovespa e eu perdi a oportunidade de ganhar porque ESQUECI de reservar um lote de ações a tempo.

Puta que pariu.

domingo, junho 20, 2004

ahá!

AQUI qualquer um pode ter uma visão do que significa o filme.

Muito legal!

"Hal, open the door"

Finalmente assisti ao filme 2001: Uma odisséia no espaço, de Stanley Kubrick. Comprei o DVD já faz mais de um mês, mas não tinha tido tempo ainda de assistir.

O problema é que eu não entendi direito a história do filme... principalmente depois da desativação da memória do Hal 9000.

Talvez revendo eu consiga captar algo mais desse filme. Com Laranja Mecânica também foi assim, mas eu consegui entender o que se passou já na primeira vez que assisti.

sábado, junho 19, 2004

sexagenário

grande Francisco Buarque de Hollanda!

Pra comemorar, vou ouvir muito samba hoje. Seja de MPB-4, seja de Chico Buarque, seja de quem for. Desde que eu tenha o CD, porque escutar rádio de pagode pra tentar pegar coisa boa é sacrifício demais.

quarta-feira, junho 16, 2004

pe que pe

se eu falar que foi muito roubado vai ser demagogia futebolística.

mas que foi, foi.

ano que vem tamo lá de novo.

vamo, são paulo

to na casa do Tho vendo o jogo.

vamo, tricolor. a última vez que ganhamos a Libertadores o Rogério Ceni tinha cabelo.

terça-feira, junho 15, 2004

provas finais

amanhã começam.

que venham!

segunda-feira, junho 14, 2004

atras da porta

"Quando olhastes bem nos olhos meus
E o teu olhar era de adeus
Juro que não acreditei
Eu te estranhei
Me debrucei sobre teu corpo e duvidei
E me arrastei e te arranhei
E me agarrei nos teus cabelos
No teu peito
Teu pijama
Nos teus pés
Ao pé da cama
Sem carinho, sem coberta
No tapete atrás da porta
Reclamei baixinho...

Dei pra maldizer o nosso lar
Pra sujar teu nome, te humilhar
E me vingar a qualquer preço
Te adorando pelo avesso
Pra mostrar que ainda sou tua
Só pra provar que 'inda sou tua ..."

domingo, junho 06, 2004

show ontem

Foi médio. É uma pena, nem o credicard hall suporta mais a proporção que tomou o sucesso dessa banda. O som estava horrível lá onde eu estava, lotou demais a casa, entre outras coisas.

é, no próximo eu vou decidir entre três opções:

1) Chego na hora do show e só assisto lá de trás, como o Yuri faz;

2) Vou de camarote, pago mais caro, mas vejo tudo e escuto tudo, sem empurra-empurra;

3) Não vou, como o Allan fez. O show é quase sempre igual e eu já vi mais de três vezes.

É a idade chegando ou o bom senso falando mais alto?

Não sei, mas tá decidido e não volto atras.