sexta-feira, julho 02, 2004

Roubar beijo não é crime, decidem jurados

"Um júri de Coeur d'Alene, em Idaho, Estados Unidos, decidiu que 'roubar' um beijo não é crime. Um técnico em computação que beijou uma cliente na casa dela, Stevem Allen Moyer, de 40 anos, tinha sido acusado por isso. Ele alegou que a cliente parecia solitária. O júri, composto de cinco homens e uma mulher, levou 90 minutos para deicidir. (AP)"

O ESTADO DE SÃO PAULO, Cidades, 02.07.2004, p.C8

Nenhum comentário: