terça-feira, janeiro 25, 2005

Trocando em miúdos

Eu vou lhe deixar a medida do Bonfim
Não me valeu
Mas fico com o disco do Pixinguinha, sim?
O resto é seu
Trocando em miúdos, pode guardar
As sobras de tudo que chamam lar
As sombras de tudo que fomos nós
As marcas do amor nos nossos lençóis
As nossas melhores lembranças

Aquela esperança de tudo se ajeitar
Pode esquecer
Aquela aliança, você pode empenhar
Ou derreter
Mas devo dizer que não vou lhe dar
O enorme prazer de me ver chorar
Nem vou lhe cobrar pelo seu estrago
Meu peito tão dilacerado

Aliás
Aceite uma ajuda do seu futuro amor
Pro aluguel
Devolva o Neruda que você me tomou
E nunca leu
Eu bato o portão sem fazer alarde
Eu levo a carteira de identidade
Uma saideira, muita saudade
E a leve impressão de que já vou tarde


Fui à exposição do Chico Buarque no Sesc Pinheiros com a Isadora hoje. Só vi metade, estava muito cheio e não dava pra subir ao segundo andar da exposição. Outro dia volto lá pra ver o resto. Do que eu vi eu gostei. Muitas coisinhas, detalhes interessantes sobre a vida e a obra do grande Francisco.

Programa do feriado: comida mexicana. No Yucatán. Faz tempo que não vou lá e vai ser loco porque um monte de gente vai.
---
red hot chili peppers - coffee shop

5 comentários:

The Scientist disse...

Bom, adorei ir à exposição com você :)
E acabamos não indo ao Yucatan, mas vamos outro dia...
Foi bom ter assistido aos videos na casa do Thomas, foi muito divertido :)
Te adoro
Bjus

MrBin disse...

Pois é, Isa. Acho que a emenda saiu melhor que a encomenda. Não me lembrava de tudo aquilo haha... preciso voltar a exercitar minha criatividade.

The Scientist disse...

espero te ver logo... estou com saudades :)
bjus

Anônimo disse...

Excellent, love it!
chrysler pacifica 2001 gmc truck accessory 100 investor loans accubanc Gmc hummer h2o

Anônimo disse...

This is very interesting site... »