domingo, março 08, 2009

Definição

Segundo o tradutor Babylon, Leandro significa:

Leandro (nome próprio) o mesmo que homem-leão.Pessoa que faz tudo para atingir os seus objectivos. No entanto é extremamente sensível não sendo capaz de passar por cima dos outros.

Interessante, né?

Segundo o Blog Curioso BR, Leandro significa:

Corresponde a homem-leão, do grego Léandros. Alguns autores interpretam como 'homem calmo' ou 'homem do povo'.

Tem significado em italiano, também:

Segundo a Wikipedia, Leandro:

Deriva dal greco Leandros, adottato nelle forme latine imperiali Leandrus e Leander. È composto dalle parole laos, popolo, oppure da leios, "tranquillo" e andros, uomo. Il significato può essere quindi o "uomo del popolo" o "uomo tranquillo".

E, o que eu não sabia, é que Leandro também faz parte da mitologia grega. Ainda segundo a Wikipedia italiana:

Leandro è il nome di un personaggio della Mitologia greca protagonista di una tragica storia d'amore con la ninfa Ero, sacerdotessa di Afrodite. I due amanti abitavano sulle opposte sponde dell'Ellesponto, che Leandro ogni notte attraversava a nuoto per raggiungere Ero, finché una notte, vinto dal mare in tempesta, morì annegato.

Segundo a Wikipédia em português:

Leandro era um jovem grego de Ábidos que atravessava a nado, todas as noites, o Helesponto, para ver sua amada Hero, até que um dia morreu afogado durante uma tempestade. Hero, inconsolada, suicidou-se em seguida.

Além disso, os italianos dizem que:

Leandro è il nome del personaggio dell'innamorato nella Commedia dell'Arte. [mantive o link pra quem quiser saber o que é]

E, como se não bastasse:

Leandro è un personaggio di una novella del Decamerone di Boccaccio.

Segundo os lusófonos, Decamerão é:

Decamerão (subtítulo: Príncipe Galeotto) (no original italiano: Decamerone vocábulo com origem no grego: deca = 10; emeron = dias, jornadas) é uma coleção de cem novelas escritas por Giovanni Boccaccio entre 1348 e 1353.

A obra é considerada um marco literário na ruptura entre a moral medieval, em que se valorizava o amor espiritual, e o início do realismo, iniciando o registro dos valores terrenos, que veio redundar no humanismo; nele não mais o divino, mas a natureza, dita o móvel da conduta do homem. Foi escrito em dialeto toscano.

Nada como um pouco de cultura sobre o próprio nome, não é?

Nenhum comentário: