quarta-feira, abril 08, 2009

Deixa ser como será quando a gente se encontrar…

Talvez fosse mesmo a hora, talvez não.

Talvez sejamos mais felizes assim, talvez não.

Mas é certo que fomos felizes nesses quase quatro anos. E quiçá ainda seremos quando nos encontrarmos cá abaixo da linha do Equador.

E, talvez, foi a decisão mais sensata.

Só verdadeiros amigos se entendem nessas horas.

Ah, como meu peito dói.

Nenhum comentário: