segunda-feira, julho 19, 2010

Movidos a música: Grooveshark é o canal

A música tem dessas coisas que fazem a gente ter mais vontade de fazer tudo.

Aqui onde trabalho tem um som, sempre ligado. O pessoal aqui curte ouvir a Antena 1. É legal, é bacana, mas repete demais algumas músicas. E nem sempre estamos com vontade de ouvir o que o pessoal da Antena 1 gosta.

Então, minha solução é entrar no grooveshark (listen.grooveshark.com) e escolher eu mesmo minha programação, que chega aos meus ouvidos pelo meu super headphone do skype.

Cada dia pode ser uma programação diferente. Tem dias que eu só escuto Metallica. Nesses dias, o trabalho é agressivo, é rápido, é cru. O tempo passa voando e, quando se vê, já está na hora de ir pra casa. Nem sempre isso é bom, mas no geral é sim. O mesmo acontece quando escuto Raimundos ou uma seleção de punks dos anos 90.

Outra opção de diversão garantida é ouvir Jazz. Seja ele acid, eletrônico, tradicional, ou qualquer outra versão do gênero. É sempre bom, pois, apesar de ele manter a majestade, é sempre imprevisível e pode te acelerar tanto quanto uma música do Metallica. Costumo colocar nessa lista John Coltrane, Herbie Hancock, Koop, e geralmente deixo a opção "Radio" ligada pra manter a pegada.

Há ainda a possibilidade de ouvir só Roberto Carlos, ou Chico Buarque, ou Jorge Ben... É realmente uma coisa incrível. Movido a música como sou, é uma salvação para os dias em que os DJs da Antena 1 não estão lá muito inspirados no meu gosto - o que acontece quase todo dia. O bacana do Grooveshark é que você, criando um Login, pode salvar suas listas para ouvir outro dia. É praticamente um iTunes online gratuito. Na minha opinião, não preciso mais baixar MP3 em casa, eu simplesmente os escuto online via Grooveshark. Pretendo no futuro comprar uma conta VIP pra ter acesso a mais um monte de coisa que o site oferece, mas por enquanto ele
está me suprindo bem.

Existem outros sites de música, também. Um exemplo é o Last.fm (que agora virou 100% pago). Mas eu acho que o Grooveshark acertou na mosca de tal forma que os outros, agora, são só os outros.

Nenhum comentário: