quarta-feira, julho 14, 2010

Tempo, tempo, mano velho

É, gente, parece que foi ontem, mas faz um tempão já que esse blog existe. Criei este blog em 2002. Estava indo do segundo para o terceiro colegial. Desde então ele tem sido um companheirão, onde eu escrevo o que me dá vontade, muitas vezes contando sobre meu dia-a-dia, outras vezes emitindo opinião... e a maioria das vezes deixando ele aqui, a postos, sem escrever nada de novo. E isso é também papel de um blog: ser um espaço permanente, não necessariamente me obrigando a escrever sempre.

Hoje, 2010, oito anos depois, estou no quarto ano da segunda faculdade.

Nesse meio-tempo, muitos empregos, muitas pessoas passando pela minha vida, muitos amigos vieram, se foram, muitos hobbies adquiridos, outros abandonados.

Foram muitos títulos do São Paulo, um do Brasil. Algumas decepções também, principalmente do Brasil.

É, tempo, tempo, mano velho. Blog, blog, mano velho. Esse sabe mais sobre mim do que eu mesmo.

Nenhum comentário: